3 de fev de 2010

O encontro





Eu durmia, mas meu coração velava
Era a voz do meu amado que batia
Abri mas ele não estava lá.


Saí pelas ruas perguntando aos guardas
Alguém viu o meu amado?
Se o avistar diga-lhe que estou
Enferma de amor.


Os guardas me perguntaram:
Minha jovem como é o seu amado
Para poder distingui-lo dos outros rapazes?


Ah! Seus guardas
Meu amado é tão lindo
Não existe outro igual a ele


Ele é branco e rosado
Sua pele tão suave
Seus cabelos como palmeiras
Seus olhos tão sinceros e tem um brilho no olhar


Ele é totalmente desejável
Eu sou do meu amado e o meu amado é meu.


Deixei os guardas e sai procurando pelo meu amado
Desci, subi montanhas, tinha pedras,vales, meu vestido não era tão limpo como antes,estava cansada e suja, mais o meu desejo de encontra-lo foi maior que qualquer dificuldade.


Ao longe avistei um jardim e vi um um homem  sentado próximo ao rio


Corri para encontrá-lo , já não me importava se estava suja, despenteada, eu o queria meu coração gritava, e corri ao encontro dele.


Ao me aproximar senti a suavidade do seu silencio, apenas o barulho das cachoeiras. E falei:


Amado, meu querido onde tu estavas?,Te procurei tanto passei por obstáculos não repare minhas vestes foi o sol e o lamaçal,mais aqui estou pra sentar do seu lado e desfrutar da sua suave presença.


O meu coração tinha tanta ansiedade mais com a ternura do seu olhar era como se fosse um bálsamo no meu ser.

 
Ele apenas disse:


Vês minha formosa pérola este rio?
Eu vos dou para poder banhar-se e saciar sua sede

Vês estes frutos pode come-los e saciar sua fome

Então voltaremos á cidade e todo verão que estamos unidos

È tempo de anunciar boas novas.


Termino com as palavras do Àpostolo Paulo aos romanos :


“Quem nos separará do amor e Cristo
O Senhor ele nos ama como um amor sem limites, Jesus o amado ele não nos julga ele ama.


Amado das nossas almas, ansiamos por ti


Que possamos estar prontos para participar do grande banquete celestial para todo o sempre.


Amém.


( texto adaptado do livro cantares de Salomão)

Nayara Toscano









0 comentários:

Postar um comentário