28 de nov de 2011


Florânia 27 de Novembro de 2012

Muitos quando vão a Florania voltam inspirados e escreve o sentem em versos. E eu não vou ficar fora desta por isso resolvi também em poucas palavras deixar minha homenagem.

A vida aqui na pequena cidade é como se parasse e pudéssemos voltar ao passado onde pela manha podemos ir pra feirinha, à tarde as pessoas conversando na rua, o verde da cidade, a vida nos montes e o cantar dos rouxinóis.
Florania é bom demais, cidade das flores  cidade da paz. Letra que o meu primo Dotinho escreveu.
Quem não se encanta com a nossa pequenina?
Passear em sua pracinha  e sentir o perfume das flores nos campos.
Suas casas com resquício de uma cultura européia, e quando olhamos pro alto vemos a sua igrejinha no Monte.
Florania minha pequenina
Na minha infância eu brincava na chuva
Na minha adolescência bailava em suas festas
E agora quando cheguei a maturidade junta com minha família pude viver momentos de saudosas lembranças. 
Que jamais serão esquecidas.

( Nayara Toscano) 

2 comentários:

Celina Silva Pereira disse...

Oi, Nayara.
Achei de novo seu link.
Também amo essas cidades antigas. Aqui perto tem uma cidade histórica chamada Pirenópolis, de que gosto muito.
Um abraço da
Celina

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida

" Das alturas orvalhem os céus,
E as nuvens que chovam justiça,
Que a terra se abra ao amor
E germine o Deus Salvador"...

Fico tão sem palavra para agradecer o carinho imensurável com que me cumula ao longo do ano que só posso lhe dizer que te amo fraternalmente...
Seja muito abençoada e feliz, amiga!!!
Bjm de paz e FELIZ NATAL... apesar de qualquer vestígio de dor em seu coraçãozinho....

"Quando eu estiver contigo no fim do dia, poderás ver as minhas cicatrizes,

e então saberás que eu me feri e também me curei."

Tagore

Postar um comentário