3 de jun de 2010

Um belo poema



Oi amigos.

Amo poemas, e como através dele podemos expressar nossas verdades, sentimentos guardados e então vou publicar este que encontrei em um site ele foi escrito por uma bela jovem que escolheu viver enclausurada e deixou uma linda estória de se doar por Amor.


MINHA ALEGRIA
Há almas na terra
Que em vão procuram a felicidade;
Entretanto, comigo dá-se o contrário:
Trago no coração sempre a alegria
E não é uma alegria passageira;
Eu a trago comigo a todo instante!
Como uma rosa em plena primavera,
Ela sorri para mim dia após dia.

Sim, sou feliz, sou feliz demais,
Pois faço sempre aquilo que bem quero...
Como deixar, então, de ser alegre
Ou deixar de mostrar minha alegria?...
Minha felicidade é amar a dor
E sorrir, mesmo enquanto o pranto escorre;
Aceito, com a mesma gratidão,
Flores entrelaçadas com espinhos.

Quando meu céu azul se torna escuro,
Quando tudo parece abandonar-me,
Minha alegria é ficar na sombra,
Esconder-me e rebaixar-me.
Minha alegria é a vontade sagrada
De Jesus Cristo, meu único amor.
Assim vivo sem nenhum temor
E amo igualmente o dia como a noite.

Minha alegria é sempre ser pequena.
E assim, se às vezes caio no caminho,
Posso me levantar bem depressa.
Jesus Cristo me pega pela mão.
Cobrindo-O, então, todo de carícias,
Digo que Ele é tudo para mim.
Se acaso Ele se esconde de minha fé,
Aí é que redobro meus carinhos.

Se, às vezes, derramo algumas lágrimas,
O meu prazer consiste em escondê-las.
Ah! como o sofrimento tem encantos,
Quando, com flor, se sabe disfarçá-lo!
Desejo sofrer sem dizer nada
Para consolar Jesus desta maneira.
Minha alegria é ver Seu sorriso,
Enquanto o coração tenho no exílio...

Minha alegria é viver lutando,
Gerando, assim, eleitos para o céu
E, coração ardendo de ternuras,
Repetir a Jesus continuamente:
"Por Ti, meu Irmãozinho divinal,
Eu me sinto feliz no sofrimento
E minha única alegria neste mundo
É só poder sempre alegrar-Te.

Quero viver ainda muito tempo,
Meu Senhor, se esta for Tua vontade,
E quisera, depois, seguir-Te ao céu,
Se isto também Te causa algum prazer.
Esta chama de amor que vem da Pátria
Não deixa nunca de me consumir!
Pouco me importa a morte ou mesmo a vida:
Jesus, minha alegria é Te amar"!


( Sta Terezinha Lisieux)

1 comentários:

serpai disse...

Olá...!

Sabes...? O meu blog conta já com um ano...! E para a ocasião escrevi algo que também é para ti... e, de passagem, podes ver que há um selo que podes levar, se assim o quiseres... Pois, como o seu nome indica, serve para "selar" este vínculo que nos uniu neste tempo transcorrido..., isso me encantaria..., e faria completo este festejo e a minha alegria...!
Ou se não..., ofereço-te uma flor de Ceibo que é a flor do meu país: Argentina.

Obrigado pela tua presença...!

Cumprimentos,

SERGIO.

Postar um comentário