12 de fev de 2013





O tempo todo, muitas pessoas vivem á vida dando satisfação para os outros, com as mídias sociais podemos saber onde estão, o que fazem, quais são os seus gostos e acabamos sendo atraídos por esta invasão de privacidade criada pelo sistema. Quero deixar bem claro que eu sou adepta a estas mídias também, porém com o pouco tempo em que passei na Cidade das Flores e que a internet pra mim era expor-adica ,refleti muito, revi alguns valores esquecidos e voltei a enxergar a simplicidade da vida, deixei a correria do dia á dia e encontrei  descanso. 

Em minha pequena casa,  ao abrir as portas da cozinha me deparava com a Grandeza de Deus refletida na natureza, as montanhas, o cantar dos pássaros, as arvores dando fruto e a chuva que resolveu dar o ar de sua graça.


No aconchego do colo da minha mãe encontrei conforto, sem falar na alegria do carinho sincero das crianças que convivi, as pessoas na calçada  acenando e sorrindo pra mim,elas conversavam sem temer á nada, partilhavam ali suas experiencias  e ao  caminhar até á praça  sentar ali no coreto da cidade, eu podia contemplar o quanto precisamos de tão pouco pra ser feliz, redescobri que a felicidade não é o momento e sim você aceitar ser feliz, querer compreender a felicidade não pela ótica  humana, e sim pela visão em Deus.


Então meus amigos, jamais esqueça o tempo é hoje o tempo  de amar, de perdoar, de lutar e conquistar o seu sonho  apenas é preciso um primeiro passo




Pense nisso: 

“Não temas, ó terra: regozija-te e alegra-te, porque o Senhor fez grandes coisas". “Joel cap. 2 vi 21”. 


                                                    







0 comentários:

Postar um comentário